Gato Persa: história, cuidados, temperamento, características e mais!

Gatos são conhecidos por serem bons companheiros, independentes, afetuosos quando querem e algumas vezes fugitivos, principalmente quando não estão em um lar bem equipado com telas. Por isso, antes de decidir comprar ou adotar um gatinho, é preciso estar disposto a cuidar corretamente do seu lar e mudar vários hábitos.

Um dos gatos mais conhecidos no mundo é o gato persa, principalmente pelo seu focinho achatado e seu pelo comprido. Quer saber mais sobre a personalidade desse bichano? Veja aqui então mais sobre ele, como se comportam em família, cuidados necessários e muito mais.

História e origem do gato persa

Gato Persa: história, cuidados, temperamento, características e mais!

Assim como a maioria das raças de gatos, não se sabe bem ao certo como ou quando se originou o persa, porém, a teoria que mais é aceita pelos demais é de que um explorador italiano conhecido por Pietro Della Valle tenha levado a raça para a Europa após visitar a Pérsia (hoje, Irã), no ano de 1620.

Eles existem há mais de 100 anos, cientistas dizem que possuem o pelo comprido devido a uma modificação natural referente ao clima frio de onde nasceram. Essa raça se disseminou no mundo pelos ingleses, chegando ao continente americano logo no final de 1800.

São representados no cinema pelos já conhecidos Garfield, Snowbell – do filme Stuart Little e por fim, o Bichento, gatinho de Hermione Granger, personagem marcante da série de livres e filmes Harry Potter.

Características dos gatos persas

Gato Persa: história, cuidados, temperamento, características e mais!

Lembrados pelo focinho achato e pelo comprido, possuem várias cores, porém a mais popular é a branca. Costumam ser calmos, inteligentes, independentes, companheiros e sociáveis, não tão brincalhões e energéticos como os gatos que vemos por aí.

  • Tamanho: entre 20 até 25 centímetros;
  • Peso: entre 3 até 6 quilos;
  • Podem viver até 14 anos.

Costumam se dar bem com crianças, outros animais e ambientes de qualquer tipo – porém, preferem os mais calmos. Não são carentes, porém adoram receber atenção, desse modo, são vistos como quietos e reservados.

Sua cauda parece uma pluma, densa e com muitos pelos, por isso, é necessário um cuidado diário para que seu pelo não embole demais. Conhecidos por serem gatos mais caseiros, eles gostam de ficar no conforto do lar, não costumam morder ou arranhar, são obedientes e higiênicos.

Cuidados necessários

Gato Persa: história, cuidados, temperamento, características e mais!

O gato persa exige alguns cuidados, principalmente na região dos olhos, visto que são atacados pela constipação, causada por uma secreção comum na área que podem incomodar demais. É indicado limpar corretamente com soro fisiológico, evitando assim a proliferação de bactérias e fungos locais.

Uma boa dica é que se penteie os pelos dele diariamente pelo tempo de 10 minutos, nesse caso, você evitará que fique embolado e acabe se machucando, além de juntar sujeira. Na época do verão é indicado que se tose o pelo por causa do calor. Banhos devem ser restritos a pelo menos uma vez por mês, lembre-se de usar shampoo e condicionador para a espécie.

Podem ter alguns problemas de respiração devido ao seu focinho mais curto, por isso, manter ele em ambientes mais frescos com bastante água, ajudará com que não sofra tanto com efeitos colaterais. Outro problema recorrente na espécie do persa é o sobrepeso, visto que não são os maiores fãs de exercícios físicos.

São gatos que possuem problemas de saúde hereditários, como é o caso de doença renal policística, atrofia progressiva da retina, cardiomiopatia hipertrófica e tantas outras. Por isso a ida ao veterinário deve ser mais frequente do que quando comparada em outras espécies de gatos.

Filhote de gato persa

Gato Persa: história, cuidados, temperamento, características e mais!

São gatos de difícil manutenção, não se reproduzem facilmente e são caros de serem cuidados, portanto, não será tão fácil de encontrá-los em lares de adoção, a menos que existam algumas exceções. O parto desse bichano é difícil e nascem pouquíssimos filhotes.

Costumam atingir a maturidade mais tarde, cerca de 12 meses, ficando adultos aos 2 anos de idade. Filhotes de gato persa podem ter o preço avaliado entre R$1 mil até R$ 4 mil.

Marcela Mazetto

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content