Como escolher a ração ideal para seu gato? Aprenda aqui!

Há diversos fatores envolvidos na hora de se escolher a melhor ração para o seu gato. Alguns deles são: idade, restrições alimentícias, hábitos etc. E talvez o principal: o gosto particular do seu gato. Da mesma forma como você simplesmente não gosta de alguns alimentos por conta do gosto ou da consistência, o mesmo pode se aplicar ao seu felino.

Além disso, evite querer economizar comprando rações baratas para o seu gato. O que você supostamente economizará com as rações terá que desembolsar com visitas ao veterinário, pois há vários problemas de saúde causados pela má-alimentação ou pela alimentação inadequada.

Portanto, com tudo isso em mente, para escolher a ração ideal para o seu gato, provavelmente será preciso que você o faça experimentar uma série delas — e se atente aos ingredientes de cada comida, com o intuito de garantir que o seu gato consuma todos os nutrientes de que precisa.

Que nutrientes são fundamentais na alimentação do gato?

Como escolher a ração ideal para seu gato? Aprenda aqui!

Os seguintes componentes são essenciais na dieta no gato:

  • Proteína, seja de carne vermelha, seja de carne branca, sendo o principal, pois gatos são carnívoros e compartilham traços de outros felinos, como tigres e leões; procure comidas com proteína de origem animal, tentando evitar as produzidas com proteína de origem vegetal;
  • Taurina e araquidônicos, aminoácidos essenciais para a dieta do gato;
  • Carboidratos, pois lhes garantirá energia; nas comidas de gato, geralmente provém de grãos como milho, cevada ou trigo;
  • Vitaminas (como A, B, C, B12 e ácido fólico) e minerais (como cálcio, fósforo, ferro, magnésio, sódio e zinco);
  • Água.

Como evitar bola de pelos? Veja aqui!

Atente-se aos subprodutos utilizados no alimento. Comidas de alta qualidade são feitas com subprodutos como fígado e pulmão, positivos para a saúde do gato. Agora, subprodutos como penas e pelos são ruins, pois dificultam a digestão do gato. Procure evitar marcas com muito subprodutos não-listados.

Que ingredientes evitar?

Alguns dos ingredientes a se evitar na comida para o gato são os seguintes:

  • Glúten de milho e trigo;
  • Subprodutos pobres;
  • Alguns corantes alimentares;
  • Gordura renderizada;
  • Etoxiquina;
  • Propilenoglicol;
  • Hidroxianisol butilado (BHA);
  • Hidroxitolueno butilado (BHT).

A comida deve variar com a idade?

Como escolher a ração ideal para seu gato? Aprenda aqui!

Nos pet shops, é comum se deparar com comidas dedicadas a gatos filhotes, outras para gatos adultos e algumas dedicadas a gatos já idosos. Isso porque a dieta do gato varia de acordo com a idade. Alguns nutrientes precisam ser consumidos em maior ou menor quantidade em determinada idade.

Para gatos filhotes, por exemplo, é necessário que a dieta seja ainda mais rica em proteína e gordura, pois isso os ajudará na fase de crescimento. Opte por rações com carne bovina, cordeiro, peru, atum ou frango. Rações específicas para filhotes, quando de boas marcas, são preparadas levando-se isso em consideração.

Anti-pulgas para gatos: quais são os mais indicados?

Para gatos adultos que se exercitam poucos (como os criados apenas dentro de casa), convém buscar rações com pouca caloria, a fim de evitar que se tornem obesos. Em contrapartida, elas precisam ser ricas em vitaminas e sais minerais.

Já para gatos idosos, o indicado são rações com pouca gordura, com proteínas facilmente digeridas. Da mesma forma, certifique-se de que seja rica em vitaminas e sais minerais, pois isso ajudará a fortalecer o sistema imunológico do gato.

É melhor ração ou comida enlatada?

Tanto comida seca, como ração, quanto comida molhada, como as entaladas, são benéficas para o gato. O melhor é alternar o tipo da comida. Alguns gatos não tomam água adequadamente; a comida enlatada, nesse caso, por possuir água na composição, pode auxiliá-lo nesse sentido.

Para a comida enlatada, é preciso atentar-se à fonte de proteína, que deve ser ainda melhor do que na ração. Tome cuidado com rações e comidas enlatadas com excesso de carboidrato, pois isso pode fazer com que seu gato engorde. Algumas marcas, especialmente mais baratas, costumam encher a composição de carboidrato para compensar a falta de proteína (que, como vimos, deve ser o principal).

Gatos geralmente ficam aborrecidos com o mesmo tipo de ração todo santo dia. Portanto, alternar entre comida enlatada e ração pode ser uma boa opção para que ele não acabe enjoando da comida.

Marcela Mazetto

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content